29 de set de 2010

Cuidado! Você pode estar sendo controlado

Esse texto é um trabalho para a disciplina Redação e Hipertexto II.

Texto baseado no filme O Show de Truman de 1998.


Tertuliana moradora do planeta Terra, no Brasil, na cidade de Tertuliandia, rua Das Tertulias, número 1347t. Sua casa era magenta com uma linda janela que abrigava uma jardineira cheia de Tulipas vermelhas.
Ah, que pena!
Estavam todas murchas e cor de terra, pois Tertuliana tinha na sala um sofá estampado com triangulinhos coloridos onde ela podia sentar, colocar os pés em sua mesinha de centro - que curiosamente também era triangular - e admirar sua linda TV por horas e horas, muitas vezes nem percebia que anoiteceu ou o galo começou a cantar.
No terceiro dia do terceiro mês do ano de três mil estava ela com os olhos sem piscar, comendo torta quando de repente ela sentiu algo estranho acontecendo. Viu uma luz. E não era no fim do túnel! Era de dentro da televisão, uma luz que foi abduzindo e transportando-a para dentro da telona triangular LED 3D.
Logo que chegou ao mundo da TV caiu no comercial do McDonalds. "Que bom!" pensou, pois quando ia comer sua torta o mundo real sumiu, mas sua barriga roncava de fome. E era lanche de todo jeito, escolheu logo um Big Mac com Batatas e uma coca grande. Sentou na mesinha, achando que já estava estrelando em seu primeiro comercial quando o controle entrou em ação e ela foi parar no fundo do mar com Bob Esponja e Lula Molusco e o máximo que conseguiu comer foi um lanche do Siri Cascudo. Era o dia mundial de pegar águas-vivas e Bob Esponja começou a correr. Quando Tertuliana se empolgou e puft! O controle ataca novamente.
Desta vez era tiro para todo o lado. Um filme de bang-bang! Ela fechou os olhos, começou a rezar e implorar para que o controle fizesse alguma coisa. De olhos fechados ela escutou "Boa noite" seguido de um som familiar e pensou "Conheço essa voz!" abriu os olhos devagarinho. Era William Tornner que dava noticias do Brasil e do mundo. Muita fome, desmatamento, poluição visual... foi logo se intrometendo e dando sua opinião na real! O apresentador não estava conseguindo falar e foi aí que o controle apavora novamente.
Era a novela mexicana favorita! Ela sempre imaginava ser a Tertuliana do bairro e tudo estava ali na sua frente, Carlos Manuel a segurava no colo, ao olhar no rosto dele "Hunf!" uma espinha horrenda no nariz e da sua boca exalava um bafo, mas o beijo que tanto esperava iria acontecer, estava cada vez mais perto, só que algo que já estava previsto voltava acontecer: era o controle.
Foi quando ela parou em um barco no meio de uma tempestade... trovões... raios ao lado de um cara que parecia não ter uns dos pinos, ele começou a chorar e contar que morria de medo de mar. Ela morrendo de medo... ops! de pena, decidiu ajudar. Pegou na sua mão e os dois juntos controlavam o barco. Quando o barco parecia que ia afundar e estava tudo perdido, Truman começou a gritar descontroladamente, Tertuliana não entendia e não sabia como sair daquela situação. Foi quando a tempestade passou e o barco bateu em uma parede com nuvens... Ops! Parede com nuvens? As nuvens não ficavam no céu? Foi quando eles se deram conta que aquilo era tudo falso, um CENÁRIO, tinha até uma porta que em cima tinha um letreiro piscando. Por ele passavam as letras S- A- Í- D- A. Tertuliana, curiosa que era, abriu a porta devagar quando de repente viu uma escuridão e acredite, ela acordou no sofá de sua casa! "Ufa!" Ela pensou "Foi tudo um sonho" mas escutou uma gritaria vindo de seu quintal.
Adivinhem quem era? Era Truman que, ao contrário dela, queria viver uma vida real.

Autoria: Giselle Gomes e Juliana Lucca.

3 comentários:

Nanda disse...

Ei meninas,

Que texto original, gostei muito. Tertuliana?? rsrsrs ^^

beijoo

Lu disse...

Bem legal o seu texto. ^^
eu nunca assiste o filme "O SHOW DE TRUMAN", mas tenho vontade de assistir. =)
beijos.

Juliana Lucca disse...

@Nanda: Tertuliana é MUITO engraçado. Eu tenho que dar os parabéns para a mente fértil da Giselle! x}

@Lu: acredite em mim quando digo: antes desse trabalho, eu nunca tinha conseguido assistir O Show de Truman! haha mas é legal sim! ^^