29 de dez de 2010

Penelope por Marilyn Kaye

Penelope



Informações
Autora: Marilyn Kaye
País: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Gênero: Fantasia, Contos de Fada
Editora: St. Martin's Griffin (Macmillan)
Data de Publicação: 20 de Março de 2007
Páginas: 240




No Brasil
Editora: Galera Record
Ano de Publicação: 2008
Páginas: 240

Clique aqui para ler a sinopse.

E se a Fera fosse uma garota? E se ela vivesse no nosso tempo?

É quase impossível falar do livro - que foi uma adaptação do roteiro - sem conectar ao filme, que no caso... assisti e amei. Gostoso de ver, leve e divertido... o típico Conto de fadas com clichê e tudo, mas ao mesmo tempo diferente, mágico e bonito da sua própria forma. Uma coisa não-muito-legal é que TA-DA! o filme é igualzinho ao livro em TUDO! Sem tirar, nem pôr.

Mesmo sabendo o começo, meio e fim, fui lá ler. Sinceramente? Não podia ter escolhido melhor!

O livro é narrado em 1ª pessoa pelo ponto de vista de dois personagens distintos, mas mesmo assim a leitura flui normalmente. A maior parte da narração é por conta da Penelope, a protagonista, que conta sua história de uma forma agradável e até com um tanto de humor, apesar da situação. O legal é que as vezes isso acaba parecendo uma conversa, como se a própria Penelope estivesse contando a história pra gente... tipo desabafando no meio da rua num encontro casual.
AH! Na aparência... a Christina Ricci bate totalmente com a descrição da personagem, então é dificil dissociar a Penelope do livro daquela do filme.

Porém, se eu for me apegar a detalhes digo que o filme é, sem dúvidas, pobre em relação ao livro, que traz muito mais sobre a origem da tal maldição da Penelope, por exemplo. No entanto, o filme me pegou mais pela emoção, que foi o que faltou na versão escrita, principalmente no caso do amoreco da protagonista, que no livro é um personagem muito menos interessante, mas na interpretação do James McAvoy é T-O-T-A-L-M-E-N-T-E diferente! Ficou muito melhor! (Principalmente porque o James é uma graça, além de ser um ÓTIMO ator!)

Bom, e por ser um Conto de fadas traz diversas referências a alguns outros conhecidos, principalmente "A Bela e a Fera" (que é o meu favoritão!), além toda aquela coisa de moral e virtudes de sempre que a gente tem que aprender quando é criança para levar para a vida.

Tudo bem, é um conto de fadas moderno. Mas fala sobre o quê mesmo?
No caso de Penelope, o foco é no pecado da vaidade, naquela velha lição de não julgar pela aparência, da importância que se dá para o parecer (um grande exemplo é a mãe histérica da Penelope), também traz críticas sobre a mídia atual, a superexposição, admiração "barata", além da lição "dinheiro não traz felicidade". me dê o seu e viva feliz.

Outras características do livro:
- Os capítulos são curtos;
- Não há muitas descrições de cenário;
- Tem bastante diálogo.

A única coisa irritante pra caramba: cada vez que a mãe da Penelope abria a boca, eu queria comer meus olhos. Com uma mãe dessa ninguém precisa de inimigos!

Recomendado? RECOMENDADÍSSIMO! Para quem gosta de Contos de fadas, principalmente do clássico A Bela e a Fera, já escolhe o pacote-fim-de-semana: livro+edredom/ventilador ou filme+pipoca! Se quiser, pega os dois! Mas não mistura pipoca com o livro... sabe como é, né!

Marilyn Kaye: já escreveu mais de cem livros para crianças e jovens. Suas obras mais conhecidas são as séries Replica e Gifted, além do sucesso Penelope.

Curiosidade: O livro foi uma adaptação do roteiro do filme Penelope, lançado em 2007, produzido por Reese Witherspoon e estrelado por Christina Ricci (Oinc!) e James McAvoy (Sr. Tumnus! LOL).


Oinc! Oinc! xoxo
Juliana

P.s.: no caso, o pacote-fim-de-semana tem a opção adicional livro+edredom+ventilador, se você for igual a maluca da minha irmã que fica com o ventilador ligado e se cobre com edredom... ao mesmo tempo. LMAO
P.s.2: leia o artigo sobre Contos de Fadas na Wikipedia, é bem legal!
P.s.3: FELIZ NATAL! Atrasado, mas mesmo assim espero que tenha sido muito mágico e cheio de livros, renas e Papai Noel e comida. Não esquecendo, é claro, do verdadeiro significado da data!
P.s.4: Aposto que todo mundo se entupiu de Peru e Coca! LOL

7 comentários:

Léka disse...

Eu fico de edredom e ligo o ventilador hahaha, ri muito com o comentário, pois achava que eu era a única doida que fazia isso!

Vi o filme de Penélope e achei uma fofura, com menção honrosa ao James McAvoy, que está maravilhoso (não que isso seja uma novidade, enfim...).

Eu adoro contos de fadas e, considerando que pelo visto você gosta também, recomendo a Gail Carlson Levine com "Ella Enchanted" para suas próximas leituras =]! Juro que o livro é maravilhoso e não tem nada a ver com o fiasco que foi a adaptação da Disney!

:**,
Léka

Liv disse...

O filme é tão fofo, assisti faz um tempinho e amei! Desde então, fiquei doida pra ler o livro! Vou providenciar isso logo. :)

:*

Luiz Silva disse...

Pelo que você disse parece ser bom!!
Curioso o fato do livro ser adaptado de um roteiro!! Oo
Geralmente é ao contrario!!

Abraço


Luiz Silva
blogueiroleitor.blogspot.com

Nanda disse...

Ei Ju,

Eu quero ler este livro a um tempão, comprei mas ainda não li rs. Com certeza na lista do ano que vem.

Feliz 2011 querida, tudo de bom para vc no ano que se inicia.

bjoo
Nanda

.Niii. disse...

Achei esse livro lindoooooo
e o filme tbém! TE AMO MCAVOY!HAUAUA

.Niii. disse...

Achei esse livro lindoooooo
e o filme tbém! TE AMO MCAVOY!HAUAUA

Juliana Lucca disse...

@Léka: hahaha OMG! Não Acredito! LOL vou contar pra minha irmã! hahaha
O filme é muito fofo, assim como o James!
Eu peguei Ella Encantada pra assistir e achei um tremendo saco, mesmo sendo com a Anne Hathaway! Mas já que eu tenho confiança que o livro é sempre melhor que o filme, já tinha colocado na listinha de leitura! hahaha

@Liv: lê logo sim! É muuuito fofo!

@Luiz Silva: é mesmo! Normalmente o livro é a base para o roteiro e não ao contrario. Outro caso desses é Pretty Little Liars, que faz um sucesso tremendo!

@Nanda: Isso aí! Bora colocar na listinha! hahaha
AAH! Obrigada, desejo tudo em dobro pra vc! ;*

@.Niii.: hahaha concordo com tudo! Assino embaixo!