9 de fev de 2011

Twenty Boy Summer por Sarah Ockler

Twenty Boy Summer


Informações
Autora: Sarah Ockler
 País: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Gênero: Ficção Contemporânea, Romance
Editora: Little, Brown Books for Young Readers (Hachette Book Group)
Data de Publicação: 01 de Maio de 2010 (Paperback)
Páginas: 320 (Paperback)

Para ler a sinopse do livro no Skoob clique aqui!



Tenho que dizer: Eu, particularmente, não gosto nada quando colocam frases de autores/críticos em capas de livros. Acho broxante! Porém, no caso de Twenty Boy Summer, eu tive que concordar com a frase - "Breaks your heart and puts it back together again." - porque ela resume totalmente como me senti sobre a trama toda!

Pense na situação: você está tendo um sonho lindo, maravilhoso e não quer acordar e, de repente, te jogam um balde de gelo?!

Essa foi a sensação que tive no início do livro. E mesmo que isso tenha sido apenas a introdução da história, foi mais completo e sentimental do que alguns livros com mais de 400 páginas conseguem passar!
Você sente tudo e o fato de a narrativa ser em 1ª pessoa contribuiu um bocado para isso. Eu, que nunca vi praia alguma na vida, consegui quase sentir o gosto da água do mar na língua, por exemplo, e isso é apenas uma parte do que é possível imaginar ao ler esse livro. Eu sorri, ri (principalmente de algumas maluquices da Frankie, mesmo que ela me irritasse às vezes) e então acontece uma reviravolta, de repente, outra... tudo muda de novo.
Só posso descrever como uma montanha-russa de sentimentos... tristeza, saudade, felicidade, culpa, tudo misturado e, ao mesmo tempo, único. Anna sentia, eu sentia.

Tudo isso se deve a escrita da Sarah Ockler que é apaixonante... envolvente! É assustador o modo como ela conseguiu tranformar tudo em palavras e, então, nos fazer acreditar nelas, na história.... em tudo!
E mesmo que no fim do livro eu tenha adivinhado o que aconteceria (eu ficava: "Má idéia, Anna. Má idéia!") a essa altura eu estava tão dentro da história que eu realmente tive a mesma reação que a protagonista! Além de alívio... já que segredos me deixam tensa!

E, finalmente, quando eu virei a última página, fiquei um pouco sem chão, senti um vazio no peito porque - eu juro! - não queria me separar do livro! hahaha
Queria ler tudo de novo para ver se não tinha perdido alguma coisa! Mesmo a mais insignificante!

São livros como esse que me faz esquecer que um livro é, afinal, um produto...mas, também, me faz lembrar porque eu amo MUITO ler! Além de me lembrar que é impossível passar o que o livro é através de uma simples resenha... ou como é quase impossível resenhar ele, de qualquer modo!

Agradeço de coração as garotas do Murphy's Library pela oportunidade de participar da Book Tour!

AH! É de conhecimento geral - eu acho - que uma capa decente deve tentar resumir o clima/trama do livro para passar essa mensagem ao leitor a primeira vista. A capa de Twenty Boy Summer faz isso! Todos os pedaços essenciais da história podem ser vistos ali... é totalmente perfeita!

Recomendado? Fecha essa resenha medíocre e vai ler A-G-O-R-A! Quem avisa, amigo é.

Sarah Ockler: Twenty Boy Summer - que foi muito bem recebido pelos críticos - é o primeiro livro da autora. Fixing Delilah, outra obra de sua autoria, foi lançada em dezembro de 2010.


xoxo
Juliana

P.s.: Nem minha irmã escutando California Girls da Katy Perry conseguiu quebrar o clima do livro!
P.s.2: Eu tenho conta no Word.A.Day! LMAO
P.s.3: Tudo o que é da Rússia e/ou variações/descendentes - coff... coff... Dimka - é bom, né Rose? hahaha

8 comentários:

Luiz Silva disse...

Só estou vendo resenhas legais desse livro!!
Tenho vontade de ler, mas é inglês e sou meio lerdo =X
Sei que você não aceita isso Ju, vi num outro post seu voce dizendo para procurarmos aprender com musicas e filmes legendados, mas mesmo assim é difícil =X
Fico aguardando ele ser traduzido algum dia! =X


Abraço


Luiz Silva
blogueiroleitor.blogspot.com

Nanda disse...

Ei Ju,

Esta capa é fofa demais, quero muito este livro. Agora lançar aqui só Deus sabe quando ne rsrs

bjoo

Maeva disse...

Ai, parem vocês. Não tenho culhões pra ler esse livro, e vocês continuam me fazendo querer ler. Mas eu vou entrar numa depressão sem fim se ler isso aí...

--
Maeva
Murphy's Library

Guta Bauer disse...

Só sua resenha já teve o poder de encher meu olho d'água. Esse livro é minha perdição, sério. Fico quebrada.

Estou muito feliz que vocês estão curtindo, viu? (L)

Beijocas,
Guta
Murphy's Library

Mariana Paixão disse...

Ai que resenha linda =')
Ameeeei!
Esse livro é uma coisa linda, né?
Ain ='''')

Beijos!

Marcia Zanoteli disse...

Amei o blog! Já seguindo! =)

Marcia, do blog DOLLHOUSE

http://blogdollhouse.blogspot.com/

Léka disse...

Gostei muito da sua resenha, quae deu para sentir o gosto da água do mar =]!

O livro me soou, pela sua descrição, algo no estilo de Sarah Dessen (o que é sempre muito bom)...Definitivamente ainda vou dar uma chance a esta estória ;)

:**
Léka

Marcia Zanoteli disse...

que coceirinha pra ler esse livro agora! rs

bjins

Marcia, do blog DOLLHOUSE

http://blogdollhouse.blogspot.com